é esse género de urso

- Que tal uma história? - disse Cristóvão Robim.
- Que tal uma história? - disse eu.
- Podia ser muito simpático e contar uma ao Joanica-Puff?
- Acho que posso - disse eu. - De que género de histórias é que ele gosta?
- Acerca dele próprio. É esse género de Urso.
- Oh, estou a ver.
- Podia então ser muito simpático?
- Vou tentar - disse eu. 
E tentei mesmo. 

(...)

E desta maneira, agradecendo a todos os seus amigos com um gesto de cabeça, lá continuou ele o seu passeio pela floresta, cantarolando todo ufano para si mesmo. Cristóvão Robim seguiu-o com um olhar cheio de ternura e disse para consigo: "Ursinho Pateta!"


A. A. Milne, Joanica-Puff