desejo

É uma das mais antigas definições do amor: um desejo que deseja tão intensamente que sonha com um rosto, na ausência desse rosto.


Pascal Quignard, na introdução de Histórias de amor de outros tempos