vivo num apartamento de 1981m tipo t4,
um segundo andar em estado razoável
fachada com muitas
com azulejo de qualidade duvidosa
por aqui ficamos
numa zona com pessoas
calendários e efemérides

a casa para Virginia Woolf era
"o navio", a embarcação de uma
navegação imóvel

uma entrada, uma saída
onde o tempo medido dava para passar o
tempo
mas agora
reduzimos a noite às dimensões de uma caixa
uma arquitectura para os sonhos
e se as pessoas vivessem menos
talvez as casas durassem mais


Maria Sousa. Postais Tristes