ao limite eu vou

porque o agalmatophilia é um registo do que se vai lendo, vendo e ouvindo, e porque não dá para enfiar aqui o mundo inteiro, a gerência inaugura o lado b onde vai poder disparar em todas as direcções: