benediction de dieu dans la solitude

Sendo tão velho como deves ser
sentado no cristalino trono
com os teus olhos de judeu astuto
diz-me como posso ser o peregrino
piedoso,
diz-me como se comporta um homem
a caminho de Jerusalém.

Diz-me,
mas não me ensines todas as coisas,
quando eu erguer os olhos aos céus
porque não sei de melhor sítio
para estar, diz-me
ao resplandecer do relâmpago entre
montanhas.


João Miguel Fernandes Jorge, Tronos e Dominações